Sobre este lugar

Escrevo com vontade desde 2002.

Sou apaixonado por criação e fadado à nostalgia. Em março de 2005 criei um blog onde larguei ideias, pensamentos, redações e poemas. A troca deu tão certo que as pessoas não só liam mas comentavam; algumas até passaram a escrever também.

Em 2013 comecei a participar de concursos literários e decidi desativar o antigo site – preservar o ineditismo de alguns textos e restringir divulgação. Foi quase um despropósito, já que escrita é coisa tripla: o que escreve, o que lê e a mensagem que está sendo passada. Tem ainda a interpretação, mas essa deixo a vagar no espaço entre as outras três.

Surgiram, então, os encontos. Prosa, crônicas, contos, um ou outro poema que escapole. Coisa espontânea que surge do nada – por que não fazer disso, tudo? Sem a pressão dos concursos, sem o limite da folha. É quase um bate-papo, só que com mais metáforas.

Em contos, faz-se o encontro. Um prazer sua visita aqui.

Que a troca continue!

Anúncios

comente (;

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s