elogio da abstinência

.
dava pra ouvir

preferi não escutar.

cheguei a ver

preferi não olhar.

podia tocar

preferi não sentir.

cabia tragar

preferi não fugir.

ah, consequências doces da abstinência amarga!

eu conclamo

que me invadam.

.

(EN)

Anúncios

comente (;

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s